Mapa do Site
Contactos
Siga-nos no Facebook Siga-nos no Twitter Canal YouTube Siga-nos no Google+
Projectos de infra-estrutura
Número de registos: 18

Incentivo - UI 3 - 2014
Incentivo/FIS/UI0003/2014
janeiro 2014 a dezembro 2015
>> Ver mais
Projecto Estratégico - UI 3 - 2013-2014
PEst-C/FIS/UI0003/2013 & FCOMP-01-0124-FEDER-037275
janeiro 2013 a dezembro 2014
>> Ver mais
Incentivo - UI 3 - 2013
Incentivo/FIS/UI0003/2013
janeiro 2013 a dezembro 2013
>> Ver mais
Projecto Estratégico UI 3 - 2011-2012
FCOMP-01-0124-FEDER-022687 & PEst-C/FIS/UI0003/2011
janeiro 2011 a dezembro 2012
>> Ver mais
CAUP
NORTE-07-0162-FEDER-000051
janeiro 2011 a outubro 2012
>> Ver mais
Programa de Financiamento Plurianual de Unidades de I&D 2009
FCT - Unidade I&D 3
janeiro 2009 a dezembro 2009
>> Ver mais
Centro de Astrofísica
ESO/INF/1259/98
janeiro 1998 a dezembro 2001
>> Ver mais
Centro de Astrofísica
ESO/INF/15138/99
janeiro 1999 a dezembro 2001
>> Ver mais
Centro de Astrofísica - Infraestruturas
ESO/INF/1197/97
janeiro 1997 a dezembro 1999
>> Ver mais
Infraestruturas de I&D em Astronomia
STRIDE-ESO/INF/03/91
janeiro 1991 a dezembro 1996
>> Ver mais

Instituto de Astrofísica e Ciências do Espaço

O Instituto de Astrofísica e Ciências do Espaço é (IA) é uma nova, mas muito aguardada, estrutura de investigação com uma dimensão nacional. Ele concretiza uma visão ousada, mas realizável para o desenvolvimento da Astronomia, Astrofísica e Ciências Espaciais em Portugal, aproveitando ao máximo e realizando plenamente o potencial criado pela participação nacional na Agência Espacial Europeia (ESA) e no Observatório Europeu do Sul (ESO). O IA é o resultado da fusão entre as duas unidades de investigação mais proeminentes no campo em Portugal: o Centro de Astrofísica da Universidade do Porto (CAUP) e o Centro de Astronomia e Astrofísica da Universidade de Lisboa (CAAUL). Atualmente, engloba mais de dois terços de todos os investigadores ativos em Ciências Espaciais em Portugal, e é responsável por uma fração ainda maior da produtividade nacional em revistas internacionais ISI na área de Ciências Espaciais. Esta é a área científica com maior fator de impacto relativo (1,65 vezes acima da média internacional) e o campo com o maior número médio de citações por artigo para Portugal.

Continuar no sítio do CAUP|Seguir para o sítio do IA