Mapa do Site
Contactos
Siga-nos no Facebook Siga-nos no Twitter Canal YouTube Siga-nos no Google+
Formação contínuaObservação e Instrumentação em Astronomia (Foco)
27 junho 2011

Formadores
Jorge F. Gameiro e Filipe Pires

Fundamentação do Plano de Formação
A astronomia é uma ciência interdisciplinar com uma forte componente observacional, envolvendo várias áreas como a matemática, física, biologia ou ciências tecnológicas. A astronomia pode assim proporcionar uma excelente iniciação à observação e experimentação, que permite ensinar novos conceitos de uma forma extremamente motivadora e atractiva.

Nos últimos anos vários temas de Astronomia têm sido incorporados nos programas escolares dos ensinos básico e secundário e em muitos casos a astronomia é também usada para ilustrar outros conceitos. Contudo verifica-se que a maioria dos docentes não têm formação específica em Astronomia, tendo naturalmente algumas dificuldades em apresentar muitos dos conceitos que fazem parte dos programas. Propõe-se nesta acção a abordagem de alguns desses temas de astronomia através da observação com um telescópio. A grande evolução tecnológica registada nos últimos anos tem permitido o acoplamento de novos instrumentos e detectores a telescópios de pequeno porte, e à sua utilização na divulgação científica. A utilização destes meios permitirá, além da abordagem a temas de astronomia, a introdução a técnicas de observação e obtenção de imagens. As observações serão efectuadas com a colaboração do Centro de Astrofísica da Universidade do Porto (CAUP), que têm os meios materiais adequados para esse efeito.

A Faculdade de Ciências da Universidade do Porto tem uma longa tradição na formação e investigação em astronomia a vários níveis, tendo sido pioneira na criação de um curso de 2º ciclo, direccionado para professores que desejam adquirir competências específicas em Astronomia: Mestrado em Desenvolvimento Curricular pela Astronomia. Esta acção vem extender a formação em astronomia oferecida pela Faculdade de Ciências da Universidade do Porto, propondo uma abordagem experimental e adaptada às exigências profissionais dos professores.

Objectivos do Curso
Breve introdução aos diferentes tipos de telescópios existentes e à sua utilização em astronomia. São também focados os instrumentos e detectores mais usados em astronomia, nomeadamente o espectrógrafo e o CCD. O objectivo final é transmitir ao aluno as competências necessárias para poder usar um telescópio de forma a conseguir localizar o objecto em estudo no céu, apontar telescópio e obter uma imagem/espectro para análise.

Conteúdo programático

1. Instrumentação em Astronomia – 13 horas

1.1 Sistemas de coordenadas em astronomia. A esfera celeste e o movimento aparente (nocturno) das estrelas. (2h)

1.2 A refracção atmosférica. Sistemas de medição de tempo: tempo solar médio e tempo sideral. Determinação de distâncias usando paralaxe. (2h)

1.3 Telescópios refractores e reflectores. Parâmetros que caracterizam a qualidade de um telescópio. (1h)

1.4 Aberrações. (1h)

1.5 Configurações focais e montagens de telescópios. (1h)

1.6 Quantificação da energia captada por um telescópio. Iluminação. Diferença na observação de objectos pontuais e extensos. (1h)

1.7 Detectores. Parâmetros que definam a sua qualidade; caracterização dos fotomultiplicadores e CCD (Charge Coupled Device). (2h)

1.8 Observação astronómica: imagem e espectroscopia. (2h)

1.9 A observação noutros comprimentos de onda (1h)

2. Observação em Astronomia – 12 horas (a realizar no CAUP)

2.1 Observação do Sol e céu nocturno. (2h)

2.2 Imagem com CCD e WebCam. (6h)

2.3 Espectroscopia. (4h)

Metodologias
A acção proposta corresponde a 25 h de contacto: 13h teórico-práticas com utilização de recursos multimédia; 12h práticas sobre a utilização de telescópios na observação de objectos na esfera celeste.

Ano: 2011

N.º de Horas: 25 horas

Unidades de Crédito: 1 UC

Datas: 27 de Junho a 8 de Julho de 2011

Local: FCUP e CAUP

N.º Mínimo p/Funcionar: 15

Preço: 100 Euros

Público Alvo: Prof. 500, 510, 520

Para inscrições e outras informações
http://www.fc.up.pt/foco/observacao_instrumentacao_astronomia_2011.htm