Mapa do Site
Contactos
Siga-nos no Facebook Siga-nos no Twitter Canal YouTube Siga-nos no Google+
3 janeiro 2013

Li-Wei Chao (Porto Business School), Pedro Avelino, Carlos Martins e Nuno Santos (CAUP), são os investigadores da Universidade do Porto que receberam quatro dos treze contratos “Advanced Grant” de investigador FCT. Foi ainda atribuída uma “Development Grant” à investigadora do CAUP Margarida Cunha.

Segundo Pedro Avelino, "Estes contratos são uma oportunidade para o desenvolvimento de investigação de excelência em Portugal. Acredito que será um investimento com um enorme retorno para o nosso país".

O Programa Investigador FCT visa criar um quadro estável de investigadores de excelência em Portugal, recrutando os melhores cientistas nacionais e estrangeiros para o sistema científico nacional. Neste primeiro concurso foram recebidas 1175 candidaturas, com candidatos de 45 nacionalidades, das quais foram selecionados 150, que terão agora um contrato por 5 anos para dedicação à atividade de investigação em Portugal.

Os três níveis ("Advanced", "Development" e "Starting") foram definidos pelo número de anos após a obtenção do grau e pelo número de anos de trabalho como investigador independente. A avaliação das candidaturas foi feita levando em conta os seguintes critérios:

  • Publicações científicas em revistas internacionais de elevado fator de impacto;
  • Captação de financiamento em concursos competitivos, nomeadamente internacionais;
  • Registo de patentes (se aplicável);
  • Participação em atividades de formação avançada, nomeadamente orientação de alunos de doutoramento e de pós-doutoramento.

Além das "Advanced Grants", investigadores da U.Porto receberam ainda 8 das 75 “Development Grants” (cerca de 10%) e 17 das 62 “Starting Grants” (cerca de 27%). No total, a UPorto arrecadou 19% de todos os contratos para investigador FCT.

1. Logotipo de Investigador FCT 2. Investigadores do CAUP com contratos de investigador FCT. Da esquerda para a direita, e de cima para baixo, Pedro Avelino, Carlos Martins, Nuno Santos e Margarida Cunha.