Mapa do Site
Contactos
Siga-nos no Facebook Siga-nos no Twitter Canal YouTube Siga-nos no Google+
23 abril 2010

No dia 24 de Abril de 1990, o Telescópio Espacial Hubble (sigla HST, em inglês) saiu do compartimento de carga do vaivém espacial Discovery, a 575 km de altitude.

Apesar dos problemas iniciais com que se deparou (devido a um erro no espelho, o telescópio era "míope"), a sua posição acima da turbulência da atmosfera terrestre e na mais completa escuridão (impossível de alcançar na superfície da Terra), tornou-o num dos melhores "olhos" para observação do Universo.

Ao longo destas duas décadas o HST foi responsável por inúmeras descobertas e por algumas das mais impressionantes imagens astronómicas de sempre. Para comemorar 20 anos de existência, o Hubble revela hoje mais uma dessas imagens - um pormenor da Nebulosa da Quilha (Carina Nebula).

O Telescópio Espacial Hubble é uma operação conjunta entre as Agências Espaciais Europeia (ESA) e Norte Americana (NASA).

Mais Informações:
Comunicado de imprensa ESA
Comunicado de imprensa NASA










1. Telescópio Espacial Hubble, durante a última missão de serviço, em Maio de 2009 (NASA/STScI) 2. Nebulosa da Quilha (NASA, ESA, M. Livio e equipa 20º aniversário do Hubble (STScI))