Mapa do Site
Contactos
Siga-nos no Facebook Siga-nos no Twitter Canal YouTube Siga-nos no Google+
20 outubro 2009

Uma equipa internacional de investigadores, da qual faz parte Nuno Cardoso Santos do Centro de Astrofísica da Universidade do Porto (CAUP), anunciou em conferência de imprensa a descoberta de 32 novos planetas extra-solares com o espectrógrafo HARPS.

Este resultado aumenta em cerca de 30% o número de planetas de pequena massa conhecidos. Nos últimos cinco anos o HARPS (High Accuracy Radial velocity Planet Searcher) descobriu mais de 75 dos 400 planetas extra-solares descobertos até agora.
O HARPS é um espectrógrafo de alta precisão, construído para procurar planetas, à volta de estrelas do tipo solar. Está instalado no Chile, no telescópio de 3,6 m do Observatório de La Silla (ESO).

O anúncio realizou-se no âmbito da conferência ESO/CAUP “Towards Other Earths: perspectives and limitations in the ELT era” que se realiza entre 19 e 23 de Outubro na Biblioteca Municipal Almeida Garrett, Porto. Para além de Nuno Cardoso Santos, estiveram presentes Stéphane Udry (Observatório de Genebra) e Xavier Bonfils (Laboratório de Astrofísica de Grenoble).
Esta equipa já há alguns meses tinha anunciado a descoberta do mais pequeno planeta extra-solar até hoje conhecido.

Nuno Cardoso Santos é responsável pela equipa de investigação “Origem e Evolução das Estrelas e Planetas” do CAUP, desenvolvendo estudos na área dos planetas extra-solares. O investigador lidera ainda o consórcio português envolvido no projecto ESPRESSO (Echelle SPectrogaph for Rocky Exoplanet and Stable Spectroscopic Observations) para o ESO, que tem por objectivo procurar e detectar planetas parecidos com a Terra, capazes de suportar vida.

Para mais informações consulte:
Comunicado de imprensa - ESO 39/09
Sítio oficial do Projecto ESPRESSO
Sítio da conferência "Towards Other Earths"

Contactos:
Nuno Cardoso Santos
Núcleo de Divulgação do CAUP

Imagem artística de um dos planetas descobertos, orbitando num sistema triplo (ESO/L. Calçada)